domingo, 12 de julho de 2015

Quase Interligado

Postado por Rafaela A. Peres às 21:49
Levanto e avisto o sol, 
ando e a cada passo ouço um silêncio. 
Não me olhas, 
Não me tocas. 
Atchim (Atchim!) 
Atchim (Atchim!) 
- Resfriado. 
- Ora, culpa do gelado. 
Já passou tanto tempo da última vez que conversamos. 
Estou com saudades e você está do meu lado. 
- Olha meu bem, uma nova atualização. 
- Que se dane eu quero é amar.
Curto tudo que semeia, não compartilho o nada.
- Hey meu querido? Ainda está ai?
- Me chama no privado, estou ocupado agora.
Mas a vida é uma só...
- Esse aparelho já está de dar dó!
- Vamos apreciar aquele soneto?
- É de botão?
- Não, é de sentir!
- Calma ai, a vida não passou ainda.
Ora inocente, ela se foi e quem não fez questão foi a gente.
Desliguei a TV e deitei fazendo barulho,
mesmo assim é inevitável não enxergar seu muro.
Posta, posta, (postei)
Clica, clica, (cliquei)
A lua apareceu e eu ainda não dialoguei.
- Prefiro esperar a bateria disso aqui acabar.
- Já chega de tanto empecilho!
A próxima vítima vai ser nosso filho.

--------------------------

Share to Facebook Share to Twitter Share to Google Buzz Share to Orkut Mais...

0 comentários:

Postar um comentário

 

MINHA VERSÃO DAS COISAS | Template por Ipietoon | Editado por Carlook Gizbert